Modelo de currículo de advogado | Tudo o que precisa de saber (+ recursos)

Avaliação média para este modelo

5
Rated 5 out of 5
A partir de 1 Avaliações de Clientes

Qualquer profissional precisa de um excelente currículo para entrar no seu emprego de sonho. Isto inclui os advogados, pois podem ter muita concorrência na procura de um bom trabalho. Uma das melhores maneiras de criar um bom CV é com um modelo que tem um bom design e que já está estruturado. Neste artigo, vamos ver como se cria um currículo de advogado para que possas salientar os teus pontos fortes.

Há mais de 33.000 advogados inscritos na Ordem dos Advogados em Portugal, um número que tem aumentado progressivamente desde os anos 90. À medida que aumenta a procura de bons advogados, aumenta também o número de estudantes de Direito. Chega um ponto em que existe muita concorrência para as vagas nas melhores empresas de advocacia.

Para demonstrar as tuas capacidades da melhor forma, visita o nosso site para teres acesso aos nossos modelos de currículo para advogado. Criar um ótimo CV que os recrutadores vão adorar vai ser um processo muito rápido e fácil com a nossa ajuda.

✒️ Veremos um exemplo dum bom currículo de advogado e depois explicaremos como criar o teu.

Exemplo de currículo de advogado

António Simões Costa
Vila Real
945 002 320
antoniocosta@gmail.com

Resumo
Advogado júnior com 4 anos de experiência profissional na Caiado Guerreiro. Mestrado em Direito e Ciências Jurídicas da Universidade de Lisboa. Fortes aptidões na produção de contratos, na comunicação com clientes e na assessoria jurídica. Objetivo de passar a associado.

Experiência Profissional
Advogado júnior
Caiado Guerreiro
2018 – presente

  • Prestação de assessoria jurídica
  • Produção de contratos

Educação

Mestrado em Direito e Ciências Jurídicas
Universidade de Lisboa
2016 – 2018

Licenciatura em Direito
Universidade do Porto
2013 – 2016

Habilidades

  • Produção de contratos
  • Assessoria jurídica
  • Registos e notariado
  • Marketing jurídico
  • Liderança
  • Resolução de conflitos
  • Paciência

Idiomas

  • Português – nativo
  • Inglês – C2
  • Alemão – B2

Competências digitais

  • Word
  • Excel
  • Powerpoint

Estatísticas de emprego e salários para advogados em Portugal

  • 55% dos profissionais desta área são mulheres
  • A maioria dos advogados do país têm mais de 40 anos
  • O salário médio é de 2110€

Informações a incluir num currículo de advogada

Há certas informações a incluir num currículo de advogada para que possa destacar-se acima dos documentos dos outros candidatos. Existem também várias maneiras de estruturar um CV para salientar as informações mais importantes.

Dito isto, cada recrutador pode pedir diferentes informações acerca da tua experiência, por isso é importante lembrar que tens de ler a descrição da vaga com muita atenção. Se deixares alguma informação que seja pedida fora do currículo, podes diminuir as tuas probabilidades de passares às próximas fases da candidatura e entrar no mercado de trabalho.

💡 Quando souberes quais são as informações que um recrutador quer saber sobre ti, terás uma melhor ideia de como estruturar o teu curriculum vitae.

Layout

No geral, um bom currículo contém as seguintes seções:

  • Cabeçalho
  • Educação
  • Experiência profissional
  • Habilidades
  • Resumo

Todas estas, exceto o resumo, são muito comuns num currículo de advogado. Demonstram as informações mais importantes acerca das tuas experiências passadas, sejam elas profissionais ou académicas. O resumo é menos comum, mas muito valorizado. Vamos dedicar uma parte deste artigo para destacar a sua importância.

Formato

Cada pessoa deve estruturar o seu currículo de acordo com três formatos que salientam certas informações sobre a sua vida. Veremos estes formatos e a quem estão dedicados.

  • Formato funcional: com este formato, vais destacar as tuas habilidades e educação acima da tua experiência profissional. Esta é a melhor opção para candidatos com pouca experiência, tais como recém-licenciados.
  • Formato cronológico: este caso é para quem tem bastante experiência no mundo da advocacia. É por essa razão que vais salientar as tuas experiências, das mais recentes às mais antigas. Ao mostrares que já trabalhaste como advogado, demonstras aos recrutadores que tens as capacidades necessárias para continuar e melhorar nessa área.
  • Formato misto: este formato destina-se aos advogados com bastantes habilidades e experiência que querem provar que estão preparados para subir na carreira. Por exemplo, um advogado que quer ser parceiro num escritório de advocacia. Neste caso, vais dar mais ênfase às aptidões e à experiência do que à educação.

Conhecendo melhor estes formatos, podes decidir qual é que se adequa melhor a ti. Se estás a iniciar a tua carreira de advogado, escolhe o funcional. Se tens bastante experiência mas procuras um emprego semelhante ou um pouco melhor que o atual, escolhe o cronológico. Se estás pronto para dar um salto grande na carreira, escolhe o misto.

Cabeçalho: Título e Contatos (incluindo e mail)

O cabeçalho é considerado o título do teu currículo, e contém os teus contatos. É aqui que vais escrever o teu nome, contato telefónico, e mail, e o local onde moras. Podes ordenar estas informações como quiseres, desde que o nome esteja em primeiro lugar.

⚠️ Não é necessário incluires mais do que um contato de cada tipo.

Seguem dois exemplos de cabeçalhos:

👍 Correto
Ana Maria Pinheiro e Rosa
Póvoa de Varzim
967 453 120
anamprosa@gmail.com
🛑 Incorreto
A. M. Rosa
936 220 004
Rua Serpa Pinto, Lote 2, 2º Dto., Póvoa de Varzim
ana.maria.pinheiro.rosa.2513@hotmail.com

No primeiro exemplo, podemos ver todas as informações necessárias apresentadas de forma concisa e profissional. Tem o nome em primeiro lugar, a cidade, um número de telemóvel e um e mail. O segundo exemplo não tem o nome completo e tem os contatos separados. Além disso, tem a morada completa. Apenas é necessário a localidade.

Também tens a possibilidade de adicionar uma fotografia ao currículo. Apesar de não ser uma prática aceite em alguns países, em Portugal continua a ser muito comum. O melhor é verificares na candidatura se o recrutador pede para não adicionares uma imagem tua. Se escolheres enviar uma fotografia, certifica-te que demonstras um ar formal e profissional. Usa roupa formal e não utilizes óculos de sol ou boné.

Resumo: o cartão de apresentação do teu currículo

Depois do cabeçalho, podes fazer um resumo curto sobre a tua educação e experiência profissional, e algumas habilidades que te destaquem. Deve ser só um parágrafo, pois vais apresentar todas as informações de forma mais extensa nas seções seguintes.

💡 Os recrutadores gastam apenas, em média, 6 segundos a ler um currículo. Um bom resumo poderá fazer com que eles gastem mais tempo a ver o resto do teu documento.

Vamos ver um exemplo correto e um incorreto de resumos.

👍 Correto
Advogado que concluiu recentemente a licenciatura de Direito na Universidade do Porto. Estágio profissional realizado na Morais Leitão. Inscrito na Ordem dos Advogados. Boa capacidade de comunicação com clientes e gestão de tempo. Objetivo de ser especialista em Direito Constitucional e integrar um escritório onde é possível avançar esse alvo.
🛑 Incorreto
Sou advogado licenciado. Sem experiência. Quero trabalhar num escritório de advocacia. Não sou muito bom a lidar com clientes, por isso prefiro fazer trabalhos administrativos ou algo mais solitário.

O primeiro exemplo tem todas as informações relevantes sobre este candidato, incluindo experiência, estudos, e algumas aptidões. Também apresenta um objetivo para a carreira. O segundo exemplo não dá detalhes sobre a educação ou as habilidades. Este candidato diz que quer um trabalho “solitário”, demonstrando que tem uma falta de poder de comunicação e que provavelmente não trabalha bem em equipa. Este candidato terá mais dificuldade em entrar no mercado de trabalho.

Experiência (e o que fazer se não a tiveres)

A experiência profissional é um fator muito importante no currículo para influenciar a decisão de um recrutador. No geral, as pessoas com mais experiência têm melhores hipóteses em encontrar melhores empregos.

Dito isto, vai sempre haver empresas que querem dar uma primeira oportunidade a um estudante ou recém-licenciado. É importante lembrar que qualquer trabalho que tenhas no passado pode ser uma mais-valia, mesmo se não foi na área do direito.

Por exemplo, trabalhares num restaurante dá-te capacidades como seguir ordens dum supervisor, conseguires trabalhar em equipa e interagir com clientes. Todas estas habilidades são importantes no emprego de advogado.

Em seguida, veremos alguns exemplos de experiência profissional num currículo de advogado. Deves apresentar o teu cargo, a empresa e a duração do emprego. Também podes listar algumas funções que tiveste na empresa.

Associado Júnior
Abreu Advogados, Lisboa
2019 – presente
  • Prestação de assessoria jurídica a clientes
  • Apoio transversal na empresa

Empregado de mesa
Restaurante Avenida, Santarém
2016 – 2018

  • Comunicação com clientes
  • Garantir níveis de higiene e segurança

Boas habilidades para entrar no mercado de trabalho

Os advogados necessitam de muitas habilidades para desempenharem as suas funções da melhor maneira. Estas não são apenas as aptidões técnicas que são aprendidas nos estudos, mas também as sociocomportamentais que te ajudam a interagir com outras pessoas e a lidar com momentos difíceis no teu dia.

👉 Vamos dividir as habilidades em duas categorias: as soft skills e as hard skills.

Soft skills

As habilidades sociocomportamentais (soft skills) são aquelas relacionadas com a tua personalidade. Podem ser desenvolvidas ao longo dos anos, mas certas pessoas têm uma capacidade natural para certas soft skills.

Vamos ver alguns exemplos para que estas competências sejam melhor percebidas.

  • Gestão de tempo
  • Comunicação
  • Poder de motivação
  • Empatia
  • Resolução de conflitos
  • Liderança
  • Paciência
  • Análise crítica

Apesar de não serem específicas para o trabalho de advogado, pois podem ser utilizadas em qualquer emprego, as soft skills podem fazer a diferença entre um bom advogado e um excelente advogado. Podem dar-te uma vantagem sobre os outros candidatos para os melhores empregos.

Hard skills

As hard skills estão ligadas às habilidades técnicas de cada profissional. São aprendidas nas escolas ou na universidade e no desempenho de funções profissionais. Sem estas habilidades, não terás oportunidade de trabalhar em determinadas áreas.

👇 Vamos ver alguns exemplos de hard skills necessárias para o emprego de advogado.

  • Assessoria jurídica
  • Direito constitucional
  • Conhecimentos sobre propriedade inteletual
  • Registos e notariado
  • Marketing jurídico
  • Direito penal
  • Contencioso e arbitragem
  • Elaboração de contratos

Deves fazer uma lista concisa das tuas aptidões mais fortes e daquelas que tens que estão na descrição da vaga. Nunca deves listar habilidades que não tens, pois os recrutadores podem descobrir e serás automaticamente recusado.

Educação: como incluir a tua formação académica

A seção da educação é bastante importante para advogados jovens e recém-licenciados ou estudantes que procuram um ótimo estágio. Demonstra que desenvolveste certas habilidades e que aprendeste as funções básicas de um advogado.

Podes fazer uma breve lista dos estabelecimentos de ensino que frequentaste. Não há necessidade de incluires a educação primária ou básica, nem a secundária a não ser que tenhas feito algum trabalho ou projeto que te possa ajudar na candidatura.

👇 Vamos ver alguns exemplos de como apresentar os teus estudos num currículo para advogado.

Mestrado em Direito e Prática Jurídica
Universidade de Lisboa
2019 – 2021
  • Especialidade de Economia e Políticas Públicas

Licenciatura em Direito
Universidade de Coimbra
2016 – 2019

Seções adicionais para um currículo para advogado

Além das seções principais que temos visto, existem outras adicionais que podem apresentar mais informações importantes sobre ti. Alguns exemplos são:

  • Idiomas
  • Competências digitais
  • Trabalho voluntário
É cada vez mais importante falar várias línguas devido ao grande número de estrangeiros que habitam e trabalham em Portugal. Se quiseres trabalhar para uma empresa internacional, é provável que tenhas de falar inglês ou uma outra língua no teu dia-a-dia.

As competências digitais são outro grupo de habilidades que são cada vez mais importantes. No teu cargo de advogado, terás de saber criar e corrigir documentos como contratos e fazer apresentações. Por isso, terás de saber usar programas informáticos como Microsoft Word e Powerpoint, entre outros.

O trabalho voluntário demonstra o teu desempenho em ajudar a tua comunidade. A prestação de serviços à sociedade é um dos objetivos dos advogados, por isso ficará muito bem no teu currículo.

Conhecimentos linguísticos

Vamos pegar no exemplo dos idiomas para demonstrar como podes estruturar as seções adicionais. Podes preferir fazer um gráfico ou uma tabela, mas podes escolher usar uma lista simples.

Apresenta o teu nível de proficiência em cada língua. Também podes incluir quaisquer certificações que tenhas que comprovam este nível.

  • Inglês: C2, certificado Cambridge
  • Francês: C1
  • Espanhol: B1

Sumário das ideias apresentadas

Já estamos a chegar ao fim deste artigo relacionado com a criação de um bom currículo para advogado. Para que possas rever as ideias aqui apresentadas de forma rápida, vamos deixar aqui um resumo de tudo.

Deves começar por escolher um formato para o teu currículo. Pode ser funcional, cronológico ou misto. Após tomares esta decisão, podes começar a estruturar o teu CV. Começa pelo cabeçalho, que deverá conter o teu nome, contatos telefónicos e eletrónicos, e o local onde moras.

Em seguida, faz um breve resumo das tuas experiências profissionais e académicas. Deves incluir algumas habilidades e objetivos para o teu emprego ou até para a tua carreira. Depois disso deves fazer uma lista mais pormenorizada dos teus empregos, da tua educação e das tuas habilidades. Ainda podes adicionar umas seções relacionadas com quaisquer idiomas que falas, trabalhos voluntários, publicações, etc.

Complementa o teu currículo de advogado com uma carta de apresentação

O currículo não é o único documento que te vai ajudar na candidatura a um emprego. Muitas empresas também pedem uma carta de apresentação. Se não for pedido, não tens obrigatoriamente de enviar. Porém, estarás a demonstrar um desempenho extra no processo da candidatura, aumentando assim as tuas chances de passar à fase das entrevistas.

Podes desenvolver algumas das informações que não pudeste no currículo. Por exemplo, se tiraste uma pausa durante os estudos para fazer um voluntariado noutro país, podes explicar o que fizeste durante esse projeto e porque decidiste fazer essa pausa. No currículo, aparecerá apenas como um espaço em branco na seção da educação.

🎁 Visita o nosso site e cria um currículo para advogado. Ao iniciares sessão, terás acesso aos nossos modelos de currículo e aos modelos de carta de apresentação.

Perguntas mais frequentes

Em que formato devo entregar o meu currículo?

No geral, os currículos eletrónicos são entregues em pdf. Se usares um modelo de currículo do nosso site, poderás descarregá-lo neste formato. No entanto, é importante ler bem a descrição da candidatura para garantir se é assim que o recrutador pede. Se enviares uma carta de apresentação, deves seguir o mesmo conselho. Certifica-te também que utilizes um tipo de letra profissional, tal como times new roman ou arial.

Posso incluir o trabalho voluntário na experiência profissional?

O trabalho voluntário, geralmente, não deve ser incluído na seção da experiência profissional, visto que não é um emprego pago. No entanto, se tiveres pouca experiência na área, podes incluir o trabalho voluntário para preencher mais essa seção. O mesmo sucede com os estágios.

Que documentos devo entregar durante a candidatura a uma vaga?

Como sempre, recomendamos que leias a descrição da candidatura com muita atenção. É aqui que vais saber quais são os documentos a entregar. O mais provável é teres de entregar o teu currículo. A carta de apresentação também é pedido com muita frequência.

Artigos semelhantes