Exemplo de currículo de assistente dentária e recursos para criares o teu

Avaliação média para este modelo

Os assistentes dentários são uma parte muito importante do bom funcionamento de uma clínica dentária. Dão apoio direto ao dentista durante consultas e criam uma relação mais próxima aos clientes para que eles se sentem mais à vontade. Se tu tens estas habilidades técnicas e pessoais, deves apresentá-las de forma estruturada no teu currículo de assistente dentária.

Criar um CV pode ser um processo difícil. Existem diferentes estruturas e diferentes seções a incluir. Mas, neste artigo, terás acesso a muitos exemplos e recursos para te ajudar durante a criação do teu currículo.

Não interessa se procuras o teu primeiro emprego ou se estás a planear uma subida na carreira, ter um CV excelente é uma mais-valia. Podes entrar no nosso site e encontrar o melhor modelo de currículo para criares um documento bem-estruturado e profissional em pouco tempo.

Exemplo dum currículo de assistente dentário

Catarina Aleixo Cavaco

912 557 863

catarina.cavaco10@gmail.com

Lisboa

Resumo

Assistente dentária com licenciatura em Medicina Dentária. 3 anos de experiência profissional. Proficiente em inglês e alemão, e com fortes capacidades de interagir com pacientes, gerir o inventário duma clínica, e assistir em procedimentos de limpeza dentária. Objetivo de aprender mais sobre a profissão ao trabalhar com um dentista para que possa continuar os estudos no futuro.

Experiência

Assistente dentária

Clínica Dentária Soares dos Reis, Lisboa

2019 – 2022

  • Procedimentos de limpeza dentária
  • Gerir o inventário da clínica

Habilidades

  • Tratamentos de higiene
  • Higienização e esterilização do gabinete e dos instrumentos técnicos
  • Adaptabilidade
  • Comunicação

Educação

Licenciatura em Medicina Dentária

Universidade de Lisboa

2016 – 2019

  • Biomateriais dentários
  • Imagiologia
  • Periodontologia

Idiomas

  • Português – nativo
  • Inglês – C2
  • Alemão – C1

Estatísticas sobre assistentes dentários em Portugal

  • O salário médio de uma assistente dentária é de 1.030€ por mês.
  • Aproximadamente 89% das assistentes dentárias são mulheres.
  • A maior procura de assistentes dentários é em Lisboa.

Currículo de assistente dentário – seções a incluir e como estruturá-las

Vamos começar por estudar as seções a incluir num currículo de assistente dentário e as diferentes formas de estruturá-las. Estas informações vão te ajudar a preencher este documento da melhor maneira. É importante lembrar que a descrição da vaga dá-te informações sobre o cargo, então deves lê-la bem antes de preencher o CV.

Antes de seguirmos para o layout do currículo, lê estas dicas sobre a criação de um currículo ótimo:

  • O objetivo de um CV é convencer um recrutador que és um candidato ideal. Por isso, deves destacar os teus pontos fortes.
  • Apresenta apenas os detalhes mais pertinentes à candidatura.
  • Antes de enviares o resultado final a um recrutador, personaliza-o para demonstrar que leste bem a descrição e que és o melhor candidato.

⚠️ Os recrutadores gastam apenas 6 segundos (em média) a ler um currículo. Tens de estruturar bem o teu para que não passem logo ao próximo.

Layout

Existem várias seções que deves incluir no teu currículo. Têm diferentes graus de importância baseado nas informações que queres salientar. Algumas merecem mais ênfase e devem estar mais perto do início do documento.

👇 Estas são as seções mais comuns num CV:

  • Resumo
  • Habilidades
  • Educação
  • Experiência
  • Cabeçalho

A seguir, vamos ver vários formatos que te vão ajudar a escolher a ordem destas seções.

Formatos e estrutura

A ordem das seções acima referidas vai depender do formato estrutural que escolheres. Vamos estudar estes formatos e alguns exemplos dos candidatos que devem usar cada um.

  • Formato funcional: este formato dá mais ênfase à tua educação e às tuas habilidades. A experiência profissional deve ficar para depois destas duas. Os estudantes e recém-licenciados usam bastante este formato.
  • Formato cronológico: o formato cronológico deixa a educação e as habilidades para depois da experiência profissional. Desta forma, vais destacar os teus empregos passados e as funções que tiveste nesses trabalhos. Deves listar estas informações de forma cronológica, a começar do emprego mais recente.
  • Formato misto: com este formato, vais salientar a experiência laboral e as tuas habilidades. A educação não é tão importante. Este formato destina-se a quem tem bastante experiência e fortes habilidades na área.

A escolha do formato vai depender da tua situação. Se acabaste recentemente o curso de medicina dentária e procuras o teu primeiro emprego, o formato funcional é o mais adequado para ti. Se já trabalhas como assistente dentário há algum tempo mas queres mudar de empresa, o cronológico deve ser a tua escolha. No entanto, se tens bastante experiência profissional e queres passar à próxima fase da tua carreira como gerir uma clínica dentária, o formato misto pode ser o melhor para ti.

👇 Após escolheres um formato, podemos começar a estruturar o teu currículo com as várias seções.

Cabeçalho: título e contatos (incluindo e mail)

A primeira seção do teu currículo deve ser sempre o cabeçalho, independentemente da indústria onde queres trabalhar. É aqui que vais apresentar o teu nome e alguns contatos para que os recrutadores te possam contatar. Deves incluir um número de telemóvel e um endereço eletrónico. Não deves apontar mais do que um contato de cada tipo.

Podes apontar o local onde moras, mas não deves escrever a tua morada completa. Esta informação não é necessária.

Quando criares um e mail, deves ter em atenção se tem um aspeto profissional. Podes usar o teu nome e alguns números e sinais de pontuação, mas nunca em excesso. Também não deves incluir palavras que demonstram qualquer tipo de valor ou preferência.

Vamos ver dois exemplos de cabeçalhos para perceberes melhor as informações apresentadas.

CORRETO

Alice Pereira Antunes

Guimarães

alice.antunes@gmail.com

932 554 661

INCORRETO

Alice

Praça do Comércio, 24 R/C Esq., Guimarães

vitória.guimaraes152alice00@hotmail.com

975 632 021

933 774 825

O exemplo correto tem toda a informação necessária. A candidata apresenta o nome completo, a cidade onde mora, um endereço eletrónico e contato telefónico. No exemplo incorreto, falta o nome completo, mas tem a morada completa, um e mail pouco profissional e dois números de telemóvel.

Fotografia

Ainda podes adicionar mais uma parte ao cabeçalho: uma fotografia. Em Portugal, isto é uma prática comum. Em certos países, já não é devido à possibilidade de haver discriminição da parte dos recrutadores. Se a empresa avisar na descrição da vaga que querem ou não uma fotografia tua, deves seguir essa ordem.

💡 Uma fotografia tua deve ser profissional, mostrando a tua cara e os teus ombros. Evita usar óculos de sol, bonés, roupa pouco profissional, etc.

Melhores habilidades para trabalhares num consultório dentário

A seção das habilidades é onde vais poder apresentar todas as competências mais importantes que adquiriste durante o curso de assistente dentária e nos teus empregos passados. Existem duas categorias de habilidades: hard skills e soft skills. Estas competências técnicas e sociocomportamentais podem ser incluídas numa lista concisa que demonstra as mais importantes e valiosas para o cargo.

👇 Vamos ver a diferença entre soft e hard skills.

Soft skills

As soft skills são habilidades naturalmente presentes nas nossas personalidades. Podem ser desenvolvidas ao longo do tempo em diferentes situações sociais. Também estão relacionadas com a tua capacidade de gerir a tua própria vida. Vamos ver alguns exemplos para que possas perceber melhor este conceito de soft skills.

  • Comunicação
  • Adaptabilidade
  • Gestão de tempo
  • Trabalho em equipa
  • Resolução de conflitos
  • Paciência
  • Empatia
  • Liderança

Como assistente dentário, vais ter uma relação importante com o médico dentista e com os pacientes dele. No caso de trabalhares numa clínica pequena, terás de gerir as consultas do dentista e comunicar eficazmente com os pacientes, entre outras tarefas. Podes sentir que estas habilidades não são tão importantes como as técnicas que aprendeste na universidade, mas também são essenciais para o bom funcionamento de uma clínica dentária e para o teu desenvolvimento como assistente dentário.

Hard skills

As hard skills estão mais ligadas à prática de ser assistente dentário a nível técnico. Podes ter desenvolvido estas competências durante qualquer curso, formação, ou emprego que tenhas tido no mundo da medicina dentária. As tuas funções vão depender muito destas habilidades.

Seguem vários exemplos de hard skills necessárias para seres assistente dentário:

  • Procedimentos de limpeza dentária
  • Pequenas reparações na estrutura dentária
  • Tratamentos de higiene
  • Identificar sintomas de doenças dentárias
  • Higienização e esterilização do gabinete e dos instrumentos técnicos
  • Utilizar equipamentos radiográficos
  • Prestação de auxílio ao médico dentista
  • Gerir o inventário da clínica

A descrição da vaga demonstrará algumas das tarefas que vais ter de realizar no emprego. Podes criar a tua lista de competências no teu currículo de acordo com estas tarefas, demonstrando que és uma candidata ideal. Dito isto, nunca deves incluir habilidades que não tens no teu CV.

Experiência profissional (e o que fazer se não a tiveres)

Geralmente, os assistentes dentários com mais hipóteses de entrarem nos melhores cargos são aqueles com mais experiência na área. As competências adquiridas em empregos prévios podem ser utilizados no novo cargo e candidatos com experiência têm uma melhor noção sobre o bom funcionamento de uma clínica dentária.

Quando vimos os diferentes formatos estruturais, falamos dos candidatos com mais experiência profissional e que estes deviam escolher o formato cronológico. Neste caso, deves listar os teus empregos a começar do mais recente.

👇 Vamos ver um exemplo de como podes apresentar esta informação:

Assistente dentário

Clínica Sorriso, Portalegre

2018 – presente

  • Prestação de auxílio ao médico dentista
  • Gerir o inventário da clínica

Não tens razão de te preocupar se fores um recém-licenciado. Existem bastantes empresas e dentistas que gostam de dar a primeira oportunidade a um candidato jovem. Estes candidatos podem ser mais adaptáveis que outros com mais experiência.

O que importa aqui é apresentares qualquer experiência que tenhas. Não tem de estar ligado à área da medicina dentária. Se já trabalhaste numa outra indústria, adquiriste competências (principalmente soft skills) que podem ser valiosas para o teu novo cargo. Também tens a possibilidade de falar de alguns dos teus objetivos nesta seção.

👇 Em seguida, temos um exemplo de uma candidata que quer iniciar a sua carreira de assistente dentária, mas que apenas tem experiência noutra área:

Empregada de mesa

Restaurante Beira-Serra, Castelo Branco

2020 – 2022

  • Atendimento ao cliente
  • Garantir o higiene e segurança do restaurante

Educação: inclui a tua formação na medicina dentária

A educação é das seções mais importantes para um estudante ou recém-licenciado. Dá a oportunidade à recrutadora de perceber onde o candidato estudou e quais as competências que adquiriu durante esse tempo.

Deves incluir o nome do instituto de ensino que frequentaste, a duração do curso, e o nome do curso. Podes listar algumas das disciplinas que fazem parte do curso e algumas das habilidades que desenvolveste durante esse tempo.

Curso modular para assistentes dentários

Ordem dos Médicos Dentistas, Lisboa

2021

  • Infeção cruzada e assepsia
  • Comunicação com pacientes
  • Imagiologia dento-maxilo-facial

Licenciatura em Higiene Oral

Universidade de Lisboa

2017 – 2020

  • Deontologia
  • Patologia oral
  • Materiais dentários

💡 Atenção: os recrutadores podem pedir cópias das tuas certificações. Lê o anúncio da vaga atenciosamente para saber se é necessário enviá-las.

Resumo profissional

Existe mais uma seção das referidas para vermos. O resumo profissional é um sumário das informações que temos visto até agora. Deve ser a seção apresentada depois do cabeçalho. Vais escrever um parágrafo conciso que inclui algumas das tuas habilidades mais fortes, o tempo que trabalhas na área, o curso que estudaste, e um objetivo para o emprego ou para a tua carreira.

Esta seção é bastante valorizada pelos recrutadores pois contém os detalhes mais importantes e relevantes sobre o candidato. Se tiveres um resumo bem-estruturado com a informação necessária, terás uma melhor hipótese do recrutador continuar a ler o resto do teu currículo.

👍 Vamos ver um exemplo dum bom resumo:

CORRETO

Assistente dentário com 2 anos de experiência laboral. Licenciado em Higiene Oral. Fortes capacidades de comunicar com o médico dentista e com pacientes, e da preparação e esterilização do consultório. Objetivo de integrar uma boa empresa que permitirá desenvolver mais competências na área da medicina dentária.

🛑 A seguir, temos um mau exemplo:

INCORRETO

Assistente dentário com licenciatura. Quero trabalhar sempre com o dentista. Não procuro um emprego em que tenho de lidar com pacientes e gerir o consultório. Tenho boas capacidades para este cargo.

Este último candidato dá pouca informação sobre os seus estudos, experiência ou habilidades. Demonstra uma falta de vontade de gerir o consultório e comunicar com pacientes. Estas são duas das funções mais importantes para assistentes numa clínica pequena. O primeiro candidato demonstra mais entusiasmo e profissionalismo para integrar a equipa. Apresenta algumas capacidades e especifica o curso que tirou.

🎁 Incluir alguns objetivos demonstra que queres subir na carreira e desenvolver as tuas competências.

Seções adicionais num currículo de assistente dentário

Além das seções que vimos até agora, existem algumas outras que te podem dar uma vantagem no processo de recrutamento. A adição destas seções depende se são pertinentes para o teu caso. Alguns exemplos são:

  • Competências digitais
  • Trabalho voluntário
  • Idiomas
  • Publicações

Cada uma destas seções demonstra algo sobre o teu perfil e a tua adaptabilidade a diferentes empregos. Vamos pegar numa delas como exemplo.

Competências digitais

As competências digitais podem ser muito importantes para as tuas funções como assistente dentário. Se trabalhares numa clínica onde tens de marcar consultas e receber pagamentos, tens de saber usar diferentes tipos de software que facilitam estes processos.

Podes fazer uma breve lista como esta:

  • Gesden One Web
  • Practice-Web
  • ABELDent
  • Microsoft Excel

Sumário: escrever o CV perfeito para um assistente dentário

Já vimos todas as seções necessárias para criares um currículo de assistente dentário incrível. Para poderes rever estas informações facilmente, vamos deixar aqui um sumário de tudo que foi apresentado.

Começa por ler a descrição da candidatura com atenção. Podes tirar alguns apontamentos sobre as funções que terás e algumas das competências mais importantes. Depois podes escolher o formato estrutural que mais se adapte à tua situação.

O cabeçalho é a primeira seção a preencher. É onde vais incluir os teus dados básicos, tais como o teu nome, contato telefónico, endereço eletrónico, e localidade. Ainda podes incluir uma fotografia nesta seção.

Em seguida, faz um resumo dos detalhes mais pertinentes que vais apresentar no resto do currículo. Por exemplo, algumas habilidades mais fortes, o curso que estudaste, o tempo que trabalhas na área, etc.

O resto do documento vai incluir a tua experiência profissional, a tua educação, e as tuas competências, seguidas por quaisquer informações adicionais que queiras apresentar, tais como idiomas, competências digitais, etc.

Entra no mercado de trabalho com uma carta de apresentação

Uma carta de apresentação é um documento bastante procurado pelos recrutadores além do currículo. Dá-lhes a oportunidade de descobrir mais sobre ti e os teus objetivos para o futuro. Podes oferecer mais informações sobre as tuas competências e como as desenvolveste. E, se tiraste uma pausa nos estudos ou no emprego, podes explicar esse período de tempo com mais pormenores do que aparecerão no currículo.

🎁 Usa um modelo de currículo do nosso site e terás acesso aos modelos de carta de apresentação também.

Perguntas mais frequentes

Realizei um estágio profissional durante a licenciatura. Onde é que devo apresentar esta informação?

Os estágios profissionais não-remunerados devem estar incluídos na seção da educação ou numa seção à parte. No entanto, se tiveres pouca experiência profissional, podes incluir o estágio nessa seção. No caso de um estágio profissional remunerado, podes incluí-lo em qualquer uma destas seções.

Porque é que devo usar um modelo de currículo?

Um modelo de currículo permite-te criar um documento de forma fácil, eficaz e rápida. Em vez de tentares criar um CV com uma boa estrutura e um ótimo design, podes optar por um modelo que já está estruturado da melhor forma para o teu caso.

 

Artigos semelhantes